Outras Notícias

Concerto pela Paz no Porto, esgota Rivoli

concerto pela paz no porto esgota rivoli 3 20200128 1451630100

Com a bela sala do Rivoli esgotada, realizou-se no dia 25 de Janeiro, no Porto, o já tradicional Concerto pela Paz. Foi um magnífico espetáculo, que teve a participação generosa e solidária de artistas que colocaram o seu talento, criatividade e arte ao serviço da Paz como Pedro Abrunhosa, o Bando dos Gambozinos, o Coral de Letras da UP, a Orquestra de Jazz do Conservatório de Música do Porto, o coro Vox Populi e o Balleteatro.

Com uma assistência de mais de 700 pessoas, mais de 150 artistas de todas as idades tocaram cantaram e dançaram, encantando a assistência que aplaudia e participava sempre que era solicitada para tal. E foi-o várias vezes, sobretudo pelo músico Pedro Abrunhosa acompanhado pelo Coral de Letras da Universidade do Porto.

O Concerto abriu com jovens bailarinos do Balleteatro a interpretar a dança sobre figuras frágeis, figuras transformáveis, a partir de um texto de Mia Couto”A missanga, todas a vêm. Ninguém nota o fio que, em colar vistoso, vai compondo as missangas. Também assim é a voz do poeta: um fio de silêncio, costurando o tempo” e a direção de Raquel Rua.

Ler mais...

Apresentação do livro do Encontro pela Paz

apresentacao do livro do encontro pela paz 1 20191230 1587155458

No passado dia 11 de Dezembro, na Casa da Paz, em Lisboa, organizações e instituições que prepararam o Encontro pela Paz, realizado em 20 de Outubro de 2018, em Loures, apresentaram o livro que reúne materiais e intervenções dessa importante iniciativa que envolveu mais de 700 pessoas e de 50 organizações,de todo o país, o que foi uma muito importante afirmação dos valores da paz, da amizade, da solidariedade e da cooperação.

Na apresentação, diversos representantes das organizações presentes salientaram a importância da convergência de organizações e entidades que estiveram na base do Encontro pela Paz com o objectivo geral de contribuir para a promoção da mobilização e intervenção em defesa da paz e pela rejeição do militarismo, da corrida aos armamentos e da guerra, tendo presentes os princípios da Carta da ONU e da Constituição da República Portuguesa

No momento muito complexo, de grandes perigos para a paz mas também de crescentes mobilizações na sua defesa, incluindo o Papa Francisco no apelo recente que fez ao desarmamento nuclear, foi manifestada a vontade de continuar a procurar pontos de convergência na defesa da paz visando também o novo Encontro pela Paz, a realizar em 30 de Maio de 2020, em Setúbal.

Pela Paz, todos não somos demais.